Sistema Único de Assistência Social atende 50 mil famílias em THE

Conselho Municipal de Assistência Social visa melhorar

O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) já atendeu, no primeiro semestre deste ano, mais de 50 mil famílias teresinenses, em serviços disponibilizados através de programas, projetos e benefícios sociais. Mesmo com avanços significativos, o Conselho Municipal de Assistência Social visa melhorar e ampliar as ações oferecidas.

Para avaliar as atividades realizadas e os serviços prestados à população, ao longo dos 10 anos de existência do SUAS, o Conselho Municipal de Assistência Social promoveu, na sexta-feira (7), a IX Conferência Municipal de Assistência Social de Teresina.

O evento, que teve como tema “Consolidar o SUAS de vez rumo a 2026”, aconteceu no Blue Tree Towers Rio Poty Hotel, no Bairro Ilhotas, através de uma parceria en-tre a Prefeitura de Teresina e a SEMTCAS.

Segundo Janaína Carvalho, presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, a assistência social tem ampliado os serviços e o número de famílias atendidas, porém é necessário ampliar e melhorar ainda mais os serviços.

“A assistência social em Teresina cresceu muito. Nós, como Conselho, identificamos isso. Em Teresina, esse ano, passamos pela ampliação dos serviços, como as duas unidades do CRAS, e os serviços foram ampliados.

São avanços que pontuamos, mas também reconhecemos que muitos desafios estão impostos para que possamos alcançar mais famílias”, pontua.

A presidente do Conselho Municipal de Assistência Social garante que, dentre os serviços de atendimento, está o fortalecimento de vínculos. “Os serviços executados para a população estão distribuídos em dois níveis de proteção: básico e essencial, através do CRAS e dos CREAS.

Temos serviços de prevenção, com o objetivo de fortalecer os vínculos familiar e comunitário para que o cidadão tenha seus direitos garantidos e não seja vítima de nenhum tipo de violação”, explica.

Para Liliane Neves, coordenadora geral do Serviço de Convivência de Fortalecimento de Vínculo, a conferência é um ambiente de discussão para novas ações de atendimento à população.

“É um espaço onde se reúne todos os atores, trabalhadores, gestores e usuários da políticas. E a gente bota na mesa as questões dessa política para discutir quais os novos rumos da assistência social em Teresina, que foi construída por meio de muita luta e participação popular”.

O Sistema Único de Assistência Social (Suas) organiza, de forma descentralizada, os serviços socioassistenciais no Brasil, através do modelo de gestão participativa, consegue envolver, diretamente, as estruturas e marcos regulatórios nacionais, estaduais, municipais e do Distrito Federal.

Fonte: Pollyana Carvalho e Márcia Gabriele