Sobe para 1.484 número de mortos na China; corpos são incinerados

Centenas de corpos foram incinerados neste sábado na Província chinesa de Qinghai

O terremoto que atingiu o noroeste da China na última quarta-feira deixou ao menos 1.484 mortos, anunciou neste domingo (sábado no Brasil) a agência de notícias oficial Nova China. O registro anterior divulgado pelas autoridades era de 1.339 mortos.

Centenas de corpos foram incinerados neste sábado na Província chinesa de Qinghai (noroeste) para evitar a propagação de epidemias, três dias depois do tremor.

Os corpos de homens, mulheres e crianças foram levados em caminhões até o local da incineração, em Jiegu, próximo ao epicentro do sismo, e alinhados por monges budistas em uma faixa de 150 metros, sobre leitos de madeira.

Outras centenas de monges entoaram cantos fúnebres no local, próximo à cadeia de montanhas, nas imediações da cidade devastada pelo forte terremoto de quarta-feira.

Depois de uma última bênção budista, os corpos foram encharcados com gasolina e queimados. As grandes labaredas geraram uma espessa coluna de fumaça negra.

"A cremação libertará seus espíritos para que possam ir para o céu", disse Fale, uma mulher tibetana.

Fonte: Follha