SSP entrega mais de mil kg de alimentos à comunidades terapêuticas

Fábio Abreu entregou mais de uma tonelada de alimentos

O secretário de Estado da Segurança Pública, Fábio Abreu entregou mais de uma tonelada de alimentos para seis comunidades terapêuticas do Piauí e também para o Projeto Mirim Cidadão. Os alimentos foram arrecadados através da campanha ingresso solidário, promovida pelo parque de diversões American Park durante sua passagem por Teresina.

O American Park é parceiro da Secretaria de Segurança e, sempre que está em Teresina, doa ingressos para que as crianças do Projeto Mirim Cidadão. “O senhor Cesar é um grande parceiro nosso. Esse ano doou mil cortesias para que as crianças do Projeto Mirim Cidadão pudessem brincar no parque. Em uma conversa informal, ele nos falou sobre a campanha ingresso solidário e disse que repassaria parte desses alimentos para que a Secretaria de Segurança pudesse doar a entidades que trabalham com a recuperação de dependentes químicos”, explica a assessora de Políticas Preventivas da SSP-PI, capitã Enyra Viviani Oliveira.

As comunidades Peniel (Floriano-PI), Filadélfia (Teresina-PI), Fazenda da Esperança (Campo Maior-PI), Plano de Deus (Teresina), Filhos de Deus (Teresina), Grupo Oficina da Vida (Teresina) e Projeto Mirim Cidadão receberão os alimentos durante uma solenidade que acontecerá, às 20h, no American Park.

“As comunidades terapêuticas tem um papel fundamental na recuperação de dependentes químicos. Muitas dessas comunidades são carentes e precisam de ajuda. Ajudar essas pessoas a sair das drogas é uma das formas mais eficientes de se combater a violência”, destacou Abreu.

A Secretaria de Segurança vai receber ainda, do American Park, 500 kg de açúcar que serão repassadas paras as turmas do Mirim Cidadão. “É muito importante que tenhamos como nossos parceiros a iniciativa privada. Investir em projetos sociais, que tem como base o esporte, a música e tem objetivo de evitar que crianças e jovens entrem para o mundo do crime é sempre o melhor caminho. Para nós prevenir é muito melhor que prender”, ressaltou o secretário.

Fonte: Com informações do Efrem Ribeiro