Suspeitas de fraude podem suspender eleições do Sindserm

Essa é a segunda vez que o processo eleitoral do Sindserm passa por esse tipo de polêmica

Representantes da chapa 22, que disputam a presidência do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Teresina (Sindserm) denunciam fraude no processo eleitoral da categoria. Além de outras irregularidades eles alegam que a comissão estaria usando a máquina para privilegiar a outra chapa.

De acordo com os denunciantes, o processo eleitoral estaria sendo realizado por várias irregularidades.

A lista com o número de eleitores teria sido divulgada oficialmente e as regras são modificadas sem aviso prévio, de acordo com a denúncia.

Essa é a segunda vez que o processo eleitoral do Sindserm passa por esse tipo de polêmica. Deveria ter acontecido em dezembro do ano passado e foi suspenso por irregularidades.

Fonte: Denison Duarte