Suspeito de terrorismo diz que foi torturado com sexo selvagem por agente da FBI

O preso revelou que a americana fez um strip-tease diante dos seus olhos

Um suspeito de ter participado dos ataques terroristas que mataram 173 pessoas em novembro do ano passado em Bombaim, Índia, denunciou ter sido torturado com sexo selvagem. Fahim Ansari disse que uma agente do FBI (polícia federal americana) fez sexo com ele contra a sua vontade. Ansari comentou acreditar que a policial agiu assim pelo fato de ele ser muçulmano.

O preso revelou que a americana fez um strip-tease diante dos seus olhos e abusou do seu corpo durante toda a noite, deixando marcas de mordidas e chupões. Ansari disse, també, ter sido forçado a ver filmes pornôs.

Torturas envolvendo sexo também foram bastante usadas na prisão de Abu Ghraib. Lembra?

Fonte: Globo.com