THE: Taxistas temem risco de meningite; dois já morreram

THE: Taxistas temem risco de meningite; dois já morreram

O medo maior se dá pelo transporte de pacientes acometidas de várias doenças, é o que diz um dos profissionais

Em dois meses três taxistas foram vítimas de meningite em Teresina. Dois morreram e um sobreviveu com sequela na visão, uma situação que está gerando tensão na categoria.

?Nós taxistas enfrentamos muitas adversidades no dia a dia no nosso trabalho, principalmente na saúde porque nós trabalhamos com diversas pessoas acometidas com várias enfermidades, mas nenhuma delas está nos causando estranheza e susto como a Meningite. Isso nos assusta muito?, disse o taxista.

Quem está nas ruas não esconde o medo. ?A gente lida muito com pessoas que procura Teresina por causa de problemas de saúde, mas o que é tão sério para nós parece que não é tão importante assim para o Poder Público?, afirmou um taxista.

A pessoa que sobreviveu à Meningite foi tratada em um hospital privado.

Na sede da associação dos taxistas, em Teresina, existem alertas aos profissionais em relação à doença por ser de fácil transmissão. A doença atinge as meninges causando inflamação no cérebro, entre outros sintomas. A doença é fatal se não for bem cuidada.

Fonte: Denison Duarte