Taxistas realizam protesto e interditam Av. Marechal Castelo Branco

Avenida Marechal Castelo Branco é bloqueada em protesto de taxistas

Um grupo de taxistas realizou um protesto na manhã desta terça-feira (23), na avenida Marechal Castelo Branco, na zona Norte de teresina. Os taxistas interditaram uma das vias da avenida. A manifestação acontece após a morte de mais um profissional da categoria, Pedro Manoel Neto, morto a tiros na madrugada de segunda-feira (22).

O bloqueio provocou grande congestionamento próximo a Assembleia Legislativa do Piauí, os taxistas exigem maior segurança para atuar nas ruas da capital e citam, inclusive, o porte de armas entre os integrantes da categoria. A Polícia Militar foi acionada e segue acompanhando o protesto. A recomendação é para evitar as vias que dão acesso a avenida Marechal Castelo Branco no sentido Norte-Sul.

De acordo com os profissionais, a intenção é atrair a atenção da sociedade para o crescimento da violência entre os taxistas, principalmente, entre aqueles que atuam no turno da noite. A carreata de protesto deve seguir para Avenida Frei Serafim, no Centro da capital.

O velório e sepultamento de Pedro Manoel Neto, acontece nesta terça, na residência da família, no bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste de Teresina.

Taxista é assassinado com dois tiros no Dirceu

O taxista Pedro Manoel de Oliveira Neto, de 37 anos, foi assassinado com dois tiros de revólver, que atingiram a barriga e o braço, às 2h da madrugada desta segunda-feira (22), na Avenida Joaquim Nelson, no conjunto Dirceu, na zona Sudeste de Teresina.

De acordo com o delegado Baretta, da Delegacia de Homicídios, a vítima estava em movimento levando dois passageiros no momento em que foi abordado por dois homens em uma motocicleta e efetuaram vários disparos contra o veículo, atingindo o taxista e um dos passageiros, que seria o alvo dos criminosos. O delegado afirmou que o caso não se trata de um assalto.

Taxistas atiram em jovem por engano

Na noite de segunda-feira (22), cinco taxistas invadiram a casa 21A da quadra 48, no bairro Renascença II, na zona sudeste de Teresina para tentar matar o suposto assassino do taxista Pedro Manoel de Oliveira Neto, 37 anos.


Táxi de Pedro Manoel foi alvejado a tiros (Crédito: Efrem Ribeiro)
Táxi de Pedro Manoel foi alvejado a tiros (Crédito: Efrem Ribeiro)
Táxi de Pedro Manoel foi alvejado a tiros (Crédito: Efrem Ribeiro)
Táxi de Pedro Manoel foi alvejado a tiros (Crédito: Efrem Ribeiro)
Fonte: Portal Meio Norte