Técnico Mano Menezes visita Lula e o presenteia com camisa da Seleção Brasileira

Técnico Mano Menezes visita Lula e o presenteia com camisa da Seleção Brasileira

Ao lado de Mano e da mulher, Marisa, Lula apareceu de chapéu após ter cortado o cabelo

O treinador da Seleção, Mano Menezes, prestou solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que luta contra um câncer na laringe, nesta sexta-feira. O técnico o presenteou com uma camisa do Brasil e afirmou contar com o ex-mandatário em 2014, ano que em que o Brasil recebe a Copa do Mundo.

Mano visitou a residência do ex-presidente, em São Bernardo do Campo (ABC paulista). "Força, eterno "presidente Lula", contamos com você em 2014", escreveu o treinador.

Lula também recebeu uma carta escrita a mão do cantor Milton Nascimento. "Que os anjos e todas as criaturas do céu tomem conta do nosso presidente, para nossa alegria", afirmava ela. Desde que descobriu a doença, Lula recebeu mais de 3 mil e-mails com votos de boa saúde or meio do endereço [email protected], criado para essa finalidade.

Entre as pessoas que enviaram mensagens - algumas delas via Correio, telefone ou por meio de embaixadores - estão presidentes de diversos países, como Abdullah Gül (Turquia), Aníbal Cavaco Silva (Portugal), Bento XVI (chefe de Estado do Vaticano), Cristina Kirchner (Argentina), Fernando Lugo (Paraguai), Hugo Chávez (Venezuela), Juan Manuel Santos (Colômbia), José Mujica (Uruguai), Leonel Fernández (República Dominicana), Malam Bacai Sanhá (Guiné Bissau), Maurício Funes (El Salvador), Nicolas Sarkozy (França), Ollanta Humala (Peru), Rafael Correa Delgado (Equador) e Raul Castro (Cuba).

O câncer de Lula

Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.

O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

Fonte: Terra, www.terra.com.br