Técnicos fazendários votam reajuste salarial e indicativo de greve

A assembleia será realizada nesta segunda-feira (28)

Na tentativa de chegar a um consenso sobre as reivindicações por melhorias salariais, o Sindicato dos Técnicos da Fazenda Estadual do Piauí (Sintfepi) irá realizar, nesta segunda-feira (28), às 9h, no auditório da Escola Fazendária, Assembleia Geral para apresentar à categoria o resultado das últimas negociações com o secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, e deliberar sobre indicativo de greve.

Há um mês, os técnicos fazendários e os representantes sindicais estão mobilizados, em estado de Assembleia Geral Permanente, para chegar a um acordo que ofereça tratamento isonômico entre as categorias que compõem a Sefaz.

“Aqui, todas as categorias trabalham em prol de um objetivo comum, que é o equilíbrio financeiro do Estado, e, por isso, pedimos tratamento igualitário entre todas, sem a concessão de benefícios apenas para uma ou outra categoria", diz Flaviano Santana, diretor do Sintfepi.

O Governo não se mostrou disposto a flexibilizar e propôs a criação da gratificação por esforço fiscal (GEF) com a garantia de um pequeno piso, que é adicionado de um valor variável dependente do crescimento nominal da arrecadação sobre as receitas estaduais.

 A categoria não aceitou a proposta apresentada, por considerá-la desproporcional e insatisfatória. “Recusamos a proposta também porque ela desconsidera os índices de inflação e pode travar novas negociações por um longo período. Entendemos o período de crise que o país enfrenta, só não compreendemos o tratamento diferenciado e excludente com os técnicos fazendários”, destaca Flaviano Santana.

De acordo com Flaviano, "a categoria está unida e presente nas assembleias para reivindicar o tratamento isonômico e chegar a uma proposta que contemple todos”.

Fonte: Portal MN