Apple cria dupla autenticação para reforçar a segurança de usuários

A medida acontece dentro das políticas adotadas depois que brechas de segurança na troca de senhas foram exploradas em 2012

Procurando mostrar melhorias em seus protocolos de segurança com senhas de usuários, a Apple introduziu, nesta quinta-feira (21), a autenticação de duas etapas para contas Apple ID e do iCloud. A medida acontece dentro das políticas adotadas depois que brechas de segurança na troca de senhas foram exploradas em 2012.

A dupla autenticação, também chamada de autenticação por dois fatores, adiciona uma camada a mais de segurança nos acessos. O usuário é obrigado a entrar com um código gerado automaticamente e enviado para outro dispositivo. Esse sistema já é utilizado, há algum tempo, por exemplo, para confirmar acesso às contas Google.


Apple cria dupla autenticação para reforçar a segurança de usuários

O método desenvolvido pela Apple envolve a validação de identidade por meio de um celular. Assim, antes de toda compra no iTunes ou App Store, mudança de dados ou reinicialização de senha, um código será enviado via SMS ou notificação do ?Encontre meu iPhone? para os dispositivos previamente cadastrados.

Esse código, como complemento da senha, funciona para verificar se quem está fazendo o login é realmente o dono da conta. Isso previne que hackers tenham acesso Apple ID ou iCloud mesmo que consigam obter a senha do usuário. Até o momento, a autenticação de duas etapas está disponível apenas para contas nos Estados Unidos, Reino Unido, Irlanda, Austrália e Nova Zelândia.

Fonte: tech tudo