Apple é vetada de vender celulares com marca iPhone

Essa decisão poderá fazer com que o poderoso iPhone 5 seja vendido com outro nome no país.

Um juiz negou à Apple uma liminar que permitia a companhia vender produtos com a marca iPhone no México, alegando que a empresa mexicana iFone já tinha os direitos sobre essa marca antes. Essa decisão poderá fazer com que o poderoso iPhone 5 seja vendido com outro nome no país.


Apple é proíbida de vender celulares com marca iPhone

Em 2009, a Apple apresentou uma queixa no Mexican Industrial Property Institute contra a empresa iFone, exigindo que a empresa mexicana parasse de utilizar este nome, alegando que tal semelhança fonética poderia confundir os usuários.

Mas o pedido foi negado depois que as autoridades descobriram que iFone ? um fornecedor de software para call centers ? tinha registrado seu nome comercial no México, em 2003, quatro anos antes de a Apple o fazer.

Em contrapartida, a empresa iFone abriu uma ação incidente contra a Apple pedindo uma indenização por danos morais no montante de 40% de todas as vendas do iPhone no México até o momento. Embora os números não sejam tão grandes quando comparadas as vendas nos EUA, ele ainda representaria um pagamento substancial.

Este não é o primeiro caso no qual a Apple está envolvida por causa do nome dos seus dispositivos. Em fevereiro, a empresa recebeu o aval temporário para continuar a usar a marca iPad na comercialização dos tablets, depois que uma empresa chinesa reclamou o registro do nome como sendo de seu domínio.

Mas não é apenas com problemas relacionados ao registro do nome de seus produtos que a Apple tem que lidar. Com a sua reclamação contra a Samsung rejeitada por um tribunal do Reino Unido, a Apple foi obrigada a emitir uma declaração pública, inclusive em sua própria página na Internet, dizendo que a Samsung não copia seus projetos.

Fonte: tech tudo