Apple e Samsung descartam acordo de patentes antes de decisão em processo nos EUA

As empresas, pela segunda vez, não chegaram a um consenso e vão ficar à mercê da decisão do júri do processo.

A corte de San Jose (Califórnia) sugeriu que Apple e Samsung se reunissem mais uma vez nesta segunda-feira (20) para tentar resolver as diferenças das empresas em um processo de patentes no país. No entanto, as empresas, pela segunda vez, não chegaram a um consenso e vão ficar à mercê da decisão do júri do processo. As informações são do site americano de tecnologia ?The Verge?.


Apple e Samsung descartam acordo de patentes antes de decisão em processo nos EUA

?Os diretores-executivos conversaram, mas não houve decisão?, disse Kevin Johnson, advogado da Samsung, à juíza Lucy Koh, que conduz o caso, que já dura quase quatro semanas. O encontro realizado nesta segunda foi a última tentativa de acordo entre as companhias antes das considerações finais das empresas.

Agora, a decisão está na mão do júri, que deverá indicar em quais casos os aparelhos (smartphones e tablets) infringem patentes não licenciadas pertencentes à outra empresa.

No processo, a Samsung quer que a Apple pague US$ 421 milhões em royalties por usar patentes não licenciadas. Já a Apple alega que a Samsung deve a ela entre US$ 2,5 bilhões e US$ 2,75 bilhões em danos.

Histórico

A briga entre as empresas começou com a Apple processando a Samsung em abril de 2011 nos Estados Unidos ? cuja ação tem relação com a tentativa de acordo citado acima entre as empresas. A companhia americana acusou a empresa sul-coreana de copiar patentes de design de seus dispositivos móveis (tanto o iPhone como o iPad). Em represália, a Samsung processou a Apple por utilizar patentes de tecnologias sem fio.

Fonte: UOL