Banda larga de R$ 35 deve chegar em julho, diz Paulo Bernardo

Banda larga de R$ 35 deve chegar em julho, diz Paulo Bernardo

Segundo Paulo Bernardo, pelo menos sete Estados terão isenção de ICMS, o que pode permitir um valor ainda mais baixo.

A partir de julho, deve começar a oferta no Brasil do serviço de baixo custo para acesso à Internet com conexão em banda larga. Foi o que afirmou ontem (1/6) o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.

Segundo informações da Agência Brasil, algumas localidades já poderão contar com o acesso à Internet de 1 megabit por segundo por R$ 35 por mês, dentro do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). E, de acordo com Bernardo, em pelo menos sete estados, haverá isenção do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o que pode baixar o preço para R$ 29,90.

As primeiras cidades conectadas por meio do PNBL serão Samambaia (DF), Recanto das Emas (DF), Santo Antônio do Descoberto (GO), Anápolis (GO), Senador Canedo (GO) e Aparecida de Goiânia (GO), segundo a Telebrás.

Vale lembrar que, no final de abril, o presidente da Telebras, Rogério Santanna, admitiu que a meta do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) de levar a 800 municípios conexão rápida à rede de mundial de computadores em 2011 simplesmente não será cumprida. Segundo Santanna, isso se deve aos cortes de orçamento sofridos pela estatal.

Fonte: Uol-idgnow