Bateria de zinco flexível e recarregável pode substituir as atuais feitas de lítio

Com zinco e processo de impressão simples, tecnologia pode aposentar as baterias de lítio

A empresa norte-americana Imprint Energy promete revolucionar a tecnologia digital com uma técnica que permite a impressão de baterias baseadas em zinco, mais maleáveis, potentes, flexíveis e não-tóxicas. Basicamente, ela desenvolveu uma forma de produção que cria baterias com um processo de impressão bem semelhante ao jato de tinta do escritório.


Bateria de zinco flexível e recarregável pode substituir a de lítio

Mais do que criar um método de impressão para baterias, a Imprint Energy conseguiu resolver um problema intrínseco do uso de zinco como elemento para baterias. Até então, era impossível criar um eletrólito com o metal que fosse recarregável. O processo forma um tipo de tinta eletroquímica, que é usada para a criação de todos os elementos que fazem elétrons fluir dentro de uma bateria.

A técnica não é muito diferente daquela usada para a impressão de circuitos eletrônicos. Há circuitos que são criados em substratos plásticos extremamente finos, com a impressão de camadas condutoras e semicondutoras a partir de um método semelhante ao silk-screen. Assim, ao invés de ser apenas um integrante do produto, a bateria pode se tornar o próprio dispositivo.

A empresa norueguesa Thin Film Electronics, por exemplo, usou baterias da Imprint Energy para criar um pequeno filme plástico que funciona como termômetro. O produto poderia ser usado em embalagens de alimentos, por exemplo, informando dados como validade do produto, temperatura, procedência e etc. E essa é apenas uma das múltiplas possibilidades da bateria de empresa.

Além de todas as vantagens da tecnologia criada pela Imprint Energy, há um ponto central, que pode convencer os grandes investidores: segundo a empresa, no momento, sua bateria impressa de zinco tem densidade energética no mínimo igual às baseadas em lítio. Como o processo tende a amadurecer, a eficiência energética tende a aumentar com o tempo.

Fonte: Tech Tudo