Bill Gates pagará US$ 100 mil por nova geração de camisinha

Bill Gates pagará US$ 100 mil por nova geração de camisinha

Além da Microsoft, Bill Gates criou fundação que se dedica a causas de saúde

Camisinhas têm tamanhos, texturas e até gostos diferentes, mas a adesão a elas não satisfaz o que esperariam os agentes de saúde. Por isso Bill Gates, fundador da Microsoft e hoje dirigente da Fundação Bill e Melinda Gates, está oferecendo um prêmio de US$ 100 mil para quem criar uma proteção para sexo seguro que substitua a camisinha. As informações são do Huffington Post.

O concurso "Camisinha da Próxima Geração" espera receber designs inovadores que façam o usuário aproveitar a experiência sexual até mais do que quando não usam proteção. E, é claro, a novidade precisa proteger os envolvidos de doenças sexualmente transmissíveis, entre elas o HIV.

"E se pudéssemos desenvolver uma camisinha que desse todos os benefícios da atual versão, sem as desvantagens? Ou melhor, e se pudéssemos desenvolver uma que fosse até melhor do que não usar camisinha?", descreve o blog da fundação.

A organização, que lida com questões de saúde no mundo, cita casos em que o uso da camisinha é complicado, como entre prostitutas e clientes, por exemplo, ou em determinadas culturas entre marido e mulher - na Zâmbia, segundo a AIDS Alliance, o pedido pode levar a violência doméstica.

Além disso, segundo o diretor do Programa AIDS da Fundação Bill e Melinda Gates, Stephen Becker, nos locais onde a AIDS mais aparece, o uso de camisinha é menor que em outros lugares. "Quando mais atraente uma camisinha for para um homem usar, mais chance haverá de que ele a use", afirmou. "Não estamos falando de nenhuma tecnologia particularmente cara, (camisinhas) são a tecnologia mais barata de prevenção à AIDS", pontuou.

As regras do concurso afirmam que não serão projetos não-tecnológicos, e que os inscritos devem "ter uma hipótese testável". Além disso, é preciso que o projeto inclua um "plano de como testar ou validar a hipótese" e "oferecer dados interpretáveis e que não sejam ambíguos" na primeira fase, para receber a segunda fase do financiamento.

Além do prêmio principal, a fundação de Bill Gates vai investir US$ 200 milhões em pesquisas que busquem formas de combate a doenças em países em desenvolvimento.

Fonte: Terra, www.terra.com.br