Componentes do Japão podem afetar produção do iPad

Terremoto pode impactar na entrega desses componentes.

O terremoto que atingiu o Japão na última semana está ameaçando o fornecimento de componentes do iPad 2, dias antes do seu lançamento em outros países.

Uma análise feita na nova versão do tablet, que é montado na China, descobriu que cinco partes fundamentais do aparelho são adquiridas do Japão, incluindo a sua bateria e a bússola eletrônica. Conforme o site ?The Telegraph?, o vidro da nova tela do iPad 2 também é fornecido por um fabricante japonês.



Fábricas em todo o Japão interromperam suas operações após serem atingidas por cortes de energia. De acordo com o instituto de pesquisa ?IHS iSuppli?, seria difícil para a Apple encontrar fornecedores alternativos para alguns componentes do iPad 2.

?A bússola eletrônica do iPad 2 trabalha em conjunto com o acelerômetro e o giroscópio do tablet. Isso torna impossível simplesmente substituir um fabricante de bússola por outro?, afirmou o analista Jérémie Bouchaud.

A bateria do dispositivo, em grande parte responsável pela sua finura em comparação com a primeira versão, é também fabricada por uma empresa japonesa, que utiliza técnicas avançadas que companhias de fora do Japão podem não ser capazes de replicar, afirmou a ?IHS iSuppli?.

?Embora esses fornecedores informaram que suas instalações não foram danificadas, a entrega desses componentes pode ser impactada?, completou.

Lançada nas lojas dos Estados Unidos em 11 de março, a nova versão do tablet da Apple começará a chegar a outros 26 países no próximo dia 25.

Fonte: g1, www.g1.com.br