Conheça cinco motivos para você baixar imediatamente o Firefox 7

Existem muitas razões para fazer a mudança para a versão mais nova, já disponível no site da Mozilla.

Seis semanas após a chegada do Firefox 6, a Mozilla liberou o Firefox 7, nova versão do seu popular navegador web para usuários Windows, Mac, Linux e Android. O novo browser chega como parte do cronograma de lançamentos rápidos que a Mozilla implementou para seu navegador no início deste ano, pelo qual os usuários recebem upgrades do browser a cada seis semanas.


Conheça cinco motivos para você baixar imediatamente o Firefox 7

Os usuários corporativos que querem updates menos frequentes em breve poderão ter um cronograma alternativo mais lento. A primeira versão desse lançamento de suporte estendido (ESR) focado em empresas deve ser baseado no Firefox 8 ou 9 no final deste ano.

Enquanto isso, existem muitas razões para fazer a mudança para a versão mais nova, já disponível no site da Mozilla. Muitas dessas razões, na verdade, se resumem a um fator essencial: maior velocidade.

1.Gerenciamento de memória

Desde que o Firefox 7 entrou no canal Aurora em julho, seu foco principal tem sido velocidade maior e melhor uso de memória, e essa ênfase é visível na versão 7.

O Firefox 7 gerencia memória de forma mais eficiente do que seus antecessores, afirma a Mozilla, proporcionando, assim, uma experiência mais veloz de navegação. ?Os usuários notarão que o Firefox é mais rápido para abrir novas abas, clicar em itens de menus e botões em sites?, informa a organização. ?Usuários que passam mais tempo na Internet poderão curtir uma performance melhor quando muitas abas estão abertas e durante longas sessões de navegação na web que duram horas ou até mesmo dias.?

Um novo post no blog Mozilla Hacks oferece vários dados que demonstram a nova ?agilidade? do Firefox.

2.Mais velocidade

Novas ferramentas inclusas no Firefox 7 foram desenvolvidas para facilitar a vida dos desenvolvedores na hora de criar experiências rápidas na web para os usuários. Uma nova versão do Canvas, por exemplo, acelera animações e games em HTML5 no browser, permitindo que os desenvolvedores criem sites e apps na web mais atraentes e interativos.

O Firefox agora também possui suporte para a especificação API de timing de navegação W3C para que os desenvolvedores possam medir o tempo de carregamento de página e navegação em um site contra a velocidade da largura da banda, tráfego da página e outros fatores. Essa API permite aos desenvolvedores testarem experiências de usuário de modo fácil e remoto para que possam otimizar rapidamente os sites e web apps.

3.Uma nova ferramenta de performance

Focando em velocidades futuras, a nova ferramenta Telemetry coleta feedback de performance para ajudar a Mozilla a tornar as próximas versões do Firefox ainda mais rápidas.

?O Firefox 7 marca um ponto de virada em como medimos o desempenho do Firefox?, afirma um post do blog da Mozilla. ?Tradicionalmente medíamos o desempenho do Firefox em máquinas individuais de desenvolvedores e em nossa infraestrutura de criação e lançamentos. No entanto, acontece que esses benchmarks sintéticos não correspondem ao uso do Firefox no mundo real: é difícil reproduzir um computador ?padrão? em um ambiente de laboratório.?

Excepcionalmente fatores como hardware lento de consumidores, mudanças em padrões de uso e ?bloatware?(software muito pesado e com muitos recursos não utilizados) pré-instalado, podem afetar o desempenho do Firefox de maneiras inesperadas, nota o post.

No entanto, as medidas de desempenho do Telemetry são muito leves e não terão um impacto negativo no desempenho do Firefox, de acordo com a Mozilla.

4.Compatibilidade com extensões

Quando o Firefox 6 foi lançado, 97% dos add-ons compatíveis com o 5 ainda funcionavam com a versão 6, segundo o gerente de extensões da Mozilla, Justin Scott, que escreveu um post sobre o tema ontem, 26/9, no blog da empresa.

Não apenas isso, mas ?estamos a caminho de lançar o Firefox 7 com 99% de compatibilidade em relação ao 6?, adicionou Scott. Com o Firefox 8, que entrará na fase beta de testes ainda nesta semana, os problemas de compatibilidade devem melhorar ainda mais, afirma o executivo.

Os usuários de extensões também podem instalar o add-on Compatibility Reporter para marcar qualquer problema com o software que utilizam.

5.Uma abordagem de plataforma cruzada

Ao possuir suporte para ferramentas como WebSockets em plataformas móveis e desktop, o Firefox permite aos desenvolvedores criarem aplicativos web mais rápidos e diretos para uso em telefones celulares, tablets e computadores. O Firefox agora também suporta a especificação API de tempo de navegação W3C em plataformas móveis e desktop, para que os desenvolvedores possam otimizar sites e web apps para diferentes tipos de aparelhos, plataformas e redes.

Enquanto isso, alguns recursos do Firefox para Android são feitos para deixar mais rápida a navegação móvel na web, como a habilidade de copiar o texto de qualquer site e colá-lo em e-mails, formulários de páginas e mensagens SMS.

Fonte: Uol-idgnow