Cook, da Apple, desiste de receber US$ 75 milhões em dividendos

Cook, da Apple, desiste de receber US$ 75 milhões em dividendos

Apple faz programa para devolver parte do dinheiro de seus acionistas

Tim Cook, o CEO da Apple, decidiu que não quer receber US$ 75 milhões em dividendos relacionados às ações que detém da companhia.

Em um documento enviado à Securities and Exchange Commission (órgão regulador do mercado de capitais dos Estados Unidos) na quinta-feira (24), a Apple informou que Cook pediu para não receber os dividendos de suas ações. Funcionários da empresa estão recebendo US$ 2,65 por trimestre para cada ação restrita que detêm.

A medida da Apple é um benefício a seus funcionários, já que esses papéis não são normalmente elegíveis para receber dividendos.

A decisão de Cook vem dois meses depois de a Apple ter autorizado um programa de US$ 10 bilhões envolvendo a devolução de parte do dinheiro a seus acionistas. O cofundador e ex-CEO da empresa Steve Jobs, que morreu em outubro de 2011, resistia à medida.

Mesmo sem receber os US$ 75 milhões em dividendos, Cook continua sendo o CEO mais bem pago dos Estados Unidos. O pacote de pagamentos dele foi avaliado em US$ 378 milhões, quando ele se tornou o CEO da Apple, em agosto de 2011. O valor é quase formado totalmente pelas ações que ele tem da companhia.

Fonte: G1