Dispositivo Google Glass salvou a vida de um homem, revela médico a jornal

Horng precisava impedir a hemorragia, e não tinha tempo de checar os arquivos médicos do paciente ou procurá-los no computador.

O hospital Beth Israel Deaconess Medical Center, nos Estados Unidos, está testando o Google Glass em sua área de emergência e o dispositivo já conseguiu ajudar a salvar vidas, segundo o Dr. Steven Horng. As informações são do jornal The Boston Globe.

Um paciente com hemorragia no cérebro disse ao médico que era alérgico a alguns remédios de pressão sanguínea, mas não sabia quais eram. Horng precisava impedir a hemorragia, e não tinha tempo de checar os arquivos médicos do paciente ou procurá-los no computador. Com os óculos de realidade aumentada, ele conseguiu puxar as informações do paciente na tela do dispositivo e salvar sua vida com a medicação correta.

Nesta semana, o hospital vai aumentar o uso do dispositivo em sua ala de emergência. Outros hospitais e médicos nos Estados Unidos estão testando o Glass para realizar consultas remotas com especialistas, gravar vídeos durante cirurgias para instruções ou acessar rapidamente o prontuário do paciente. Alguns deles são o Indiana University Health Methodist e o Rhode Island Hospital.

Fonte: Terra