Em vez de ver nível de álcool, Toshiba lança bafômetro que identifica doença

Toshiba anunciou o novo produto em seu site

Nem só para medir o quanto uma pessoa ingeriu de bebida alcoólica serve um bafômetro. É o que prova a Toshiba, que desenvolveu um protótipo de um ?analisador de hálito?, cujo principal objetivo é identificar doenças com o sopro dos pacientes.


Em vez de nível de álcool, Toshiba lança bafômetro que identifica doenças

De acordo com a Toshiba, o hálito tem gases que podem ser usados em diagnósticos. A presença de acetona, por exemplo, pode indicar diabetes, enquanto metano pode ser um sinal de problemas intestinais.

O funcionamento do produto é simples: ele armazena o ar e dispara um lazer de cascata quântica que ?bate e volta? nos compostos, com padrões que servem para identificar sua composição por meio de uma espectroscopia.

"Vemos grande potencial de melhoria na saúde com o analisador de hálito. Vamos criar mais colaborações com universidades e hospitais para construir um conhecimento que será uma boa base para as análises", afirma o especialista Naoko Toyoshima.

Uma das primeiras pesquisas da empresa é com a Waseda University, em busca de se entender como concentrações de determinados gases no hálito podem ser relacionadas ao metabolismo de consumo de alimentos.

Até 2015, a empresa quer aumentar as possibilidades do produto.

Atualmente, ele já tem capacidade de identificar metano, acetona e acetaldeído. Espera-se que, no ano que vem, o bafômetro já esteja disponível para médicos em todo o mundo.

Fonte: Tech Tudo