Empresa alemã Siemens anunciou abandono da energia nuclear

Este capítulo terminou para nós", disse o presidente da Siemens, Peter L¶scher, em uma entrevista à revista Der Spiegel

A empresa alemã Siemens anunciou neste domingo o fim de seu vínculo com a energia nuclear e que se limitará a fornecer material que também pode ser utilizado em centrais térmicas. "Deixaremos de ter envolvimento na construção de centrais nucleares ou em seu financiamento. Este capítulo terminou para nós", disse o presidente da Siemens, Peter L¶scher, em uma entrevista à revista Der Spiegel.

"De agora em diante, seguiremos entregando elementos convencionais, como turbinas a vapor", explicou. O presidente da Siemens justificou a decisão - aguardada há vários meses - como uma consequência da catástrofe na central nuclear japonesa de Fukushima e "pela posição clara adotada pela sociedade e os políticos da Alemanha". Em março, após o acidente no Japão, o governo alemão decidiu suspender imediatamente o uso dos reatores nucleares mais antigos do país e anunciou o fechamento dos demais até, no máximo, 2022.

Fonte: Terra