Entenda por que Anatel acusa a TIM de derrubar o sinal de clientes

Entenda por que Anatel acusa a TIM de derrubar o sinal de clientes

Para a Anatel, a operadora derruba de propósito o sinal de seus clientes e isso não é uma novidade

Entre março e maio deste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) monitorou todas as ligações de celular realizadas e estabeleceu um comparativo com as quedas entre o plano Infinity e os outros planos da TIM. Para a Anatel, a operadora derruba de propósito o sinal de seus clientes e isso não é uma novidade.

Os usuários do plano Infinity pré-pago reclamam que depois de um tempo é muito comum a ligação cair sem explicação evidente. Após as análises, a Anatel elaborou um relatório que foi entregue ao Ministério Público do Paraná que entrou com uma ação contra a operadora.

Dados do documento da Anatel apontam que em 24 horas cerca de oito milhões de usuários foram prejudicados pelo desligamento "programado"" da TIM, contabilizando a despesa total de 4,327 milhões de reais, pagos por um serviço que não condiz com o oferecido na realidade.

O Relatório da Anatel ainda está em análise. De acordo com o superintendente de Serviços Privados da Anatel, Bruno Ramos, com as informações obtidas até agora não se pode afirmar que a TIM interrompe deliberadamente as ligações de seus clientes. O documento aponta também que o cliente da TIM teria mais de 36% das tentativas de ligações frustradas, dados que só negativam a imagem da empresa que, para 2012, fez projeções de crescimento da receita acima de 10%.

Do outro lado da história o vice presidente de Assuntos Regulatórios da TIM, Mario Girasole, afirma que as denúncias são falsas. A empresa divulgou em nota que trabalha constantemente para melhorar a qualidade de seus serviços no país.

Fonte: Tech Tudo