Estudo conclui que internet reforça os laços de amizade

Pesquisa mostra que a internet reforça os laços de amizade

Ao contrário do que diz a crença popular, a internet não está levando as pessoas ao isolamento social e os americanos que usam a internet e celulares têm redes de contatos maiores e mais diversificadas. É o que diz um estudo da empresa de pesquisa Pew Internet anunciado nesta quarta-feira (4).

Keith Hampton, professor assistente de comunicação da Universidade da Pensilvânia (Estados Unidos) e um dos autores do relatório, diz que os "laços sociais das pessoas são reforçados pelas novas tecnologias da comunicação". - É um erro acreditar que o uso da internet e de telefones celulares faça com que as pessoas mergulhem em uma espiral de isolamento.

Há uma tendência de culpar a tecnologia em primeiro lugar quando ocorre alguma mudança social. As pessoas usam a tecnologia para manter contato e compartilhar informações de modo a se manter ligadas às suas comunidades. O estudo constatou que 6% dos americanos podem ser descritos como socialmente isolados, sem alguém para discutir assuntos importantes sobre suas vidas e esse número não sofre alteração desde 1985.

A pesquisa constatou que, em média, o tamanho das redes de discussão - aquelas com que se debate as vivências do cotidiano - é 12 % maior entre os usuários de telefones celulares, 9% maior para aqueles que compartilham fotos online, e 9% maior para aqueles que usam mensagens instantâneas. Foram feitas entrevistas por telefone com 2.512 adultos entre 9 de julho de 2008 e 10 de agosto de 2008 e a margem de erro é de 2,1%.

Fonte: R7, www.r7.com