Facebook exclui 2 perfis de usuários brasileiros por considerar seus "sobrenomes pornográficos"

Facebook exclui 2 perfis de usuários brasileiros por considerar seus "sobrenomes pornográficos"

Usar o Facebook é simples. Basta se inscrever usando nome e e-mail para criar um perfil com foto, gostos pessoais e amigos.

Usar o Facebook é simples. Basta se inscrever usando nome e e-mail para criar um perfil com foto, gostos pessoais e amigos. Porém, nem sempre é fácil. Alguns esbarram no primeiro passo. É o caso de Nilmar e Luís Henrique, que carregam no sobrenome palavras que a rede social considera ofensivas a ponto de desativar seus perfis, com base em normas de uso polêmicas.

"No final de maio, meu primo falou para eu tentar entrar no meu Facebook, pois a conta dele não estava mais logando, com aviso de desabilitada. Mais tarde, nossa família foi excluída do Facebook", conta Nilmar Piroca, 25 anos, que entrou na rede social em 2010 e alega nunca ter recebido qualquer notificação ou advertência.

Caso semelhante acontece com Luís Henrique Fuck, de 23 anos. Ele conta que a rede social nunca aceitou seu sobrenome. "Ao criar uma conta ou, mais tarde, ao tentar modificá-la, aparece uma mensagem indicando que devo usar meu "nome real". Passei a abreviar e utilizar meu outro sobrenome", explica.

Os dois brasileiros foram impedidos de manter contas com seus nomes reais. Em função disso, o primeiro perdeu todos os dados armazenados por quatro anos, enquanto o segundo é obrigado a ocultar o sobrenome. Tudo isso acontece por conta da rígida política de uso: "O Facebook é uma comunidade na qual as pessoas usam suas identidades verdadeiras". Sendo assim, solicita que forneçam nomes reais, por razões de segurança.

Entretanto, nem todos são aceitos. Os perfis com nomes que usam símbolos, números, repetição de caracteres ou pontuação, letras em mais de um idioma, apelidos ou palavras ofensivas, são desativados quando reconhecidos entre os demais. É aí que mora o problema: nomes considerados ofensivos.

Em contato com o TechTudo, o Facebook Brasil disse que não comenta casos específicos e orientou a cadastrar um nome alternativo e/ou entrar em contato por meio do formulário para problemas de login e acesso a perfis.

Familía banida

Segundo Nilmar, a perda de perfis aconteceu também com parentes. "Todos foram, sem aviso ou motivo algum, banidos, tendo suas contas apagadas. O aviso ao tentar logar ou entrar é de conta desabilitada", lamenta. Um passo atrás, Luís Henrique diz que toda a família procuram usar o nome de outro jeito. "Minha avó e muitos de meus primos escrevem o sobrenome apenas com "Fuc", sem o "k" no final. Outros, como eu e o meu irmão, apenas abreviam o Fuck ("F.") e usam outro sobrenome", conta.

Em busca de uma solução, Nilmar conta que achou uma opção na Central de Ajuda do Facebook. "Escrevi que minha conta está desativada devido ao meu sobrenome e anexei minha CNH", reclama ele que perdeu informações importantes em grupos da faculdade, além de suas fotos pessoais.

Segundo o jovem, depois de preenchido o recurso com as informações solicitadas, foi enviado um email automático do Facebook que informava violação na Declaração de Direitos e Responsabilidade. "No final desse email, dizia que minha conta não poderia ser reativada de forma alguma, nem divulgar mais informações, e que essa é uma decisão final e não pode ser contestada", diz.

"Fiquei completamente arrasado e humilhado depois que tive a conta desabilitada. Ali eu armazenava contatos de familiares, amigos e profissionais. Sou da comissão dos formandos, havia informações importantíssimas na minha conta sobre tudo que envolve a formatura de mais de 25 pessoas", lamenta.

Final Feliz

No último dia 3 de julho, Nilmar conseguiu voltar ao Facebook, após sair da rede social. "Eu voltei. Depois de toda vergonha que passei", celebra em post público com a aprovação dos amigos. A vitória veio após uma rádio local do Rio Grande do Sul tornar sua história pública e atrair a atenção da rede social, que devolveu o seu perfil. O resto da família, no entanto, não teve a mesma felicidade - a política do site permanece inalterada.

Se por um lado pra Nilmar as consequências foram piores, Luís Henrique conta que acha graça e leva as brincadeiras na esportiva. "Normalmente riem muito e pedem pra tirar foto do RG. Embora não seja um nome de significado muito positivo (em inglês), costuma ser bom para puxar assunto", se diverte.

Fonte: Tech Tudo