Facebook publicará anúncios na Linha do Tempo dos usuários

Rede social garante que, com o recurso, empresas alcançarão 50% de seus fãs em uma semana.

Além da Linha do Tempo para empresas, o Facebook anunciou outras novidades em evento realizado em Nova York, Estados Unidos, na última quarta-feira (29/03). Todas relacionadas às opções de publicidade oferecidas pela plataforma.



Na conferência, liderada por Sheryl Sandberg, diretora de operações, a rede social tentou mostrar às empresas que os anúncios nela publicados são mais eficiente do que em sites rivais, como o Google, ou tradicionais, como o Yahoo. A principal vantagem é que, como as pessoas utilizam o Facebook como ferramenta de relacionamento, acabam expondo preferências e gostos, que são considerados na hora de escolher que propagandas exibir para cada uma delas.

Agora, por exemplo, há a possibilidade de campanhas apareceram diretamente no mural do usuário, assim como já ocorre com o Twitter e seu feed. Para chamarem a atenção dos internautas, elas aproveitarão as interações de amigos. Assim, se um contato seu curtiu a página de uma companhia recentemente ou fez algum comentário sobre ela, é possível que tal ação apareça junto à propaganda.

A página de logout também entrou no pacote. Atualmente é ocupada apenas por uma apresentação e um formulário de cadastro, mas, em breve, os membros passarão a visualizar anúncios também nela. Faz sentido, afinal, se alguém saiu da rede social é porque já possui um perfil. Por que convidá-lo a fazer outro, então?

Por último, o Reach Generator (Gerador de Alcance). De acordo com documento divulgado pela própria rede social, as empresas com suas páginas só alcançam 16% de seus fãs por semana. Com a ferramenta, o índice sobe para 50% e, no mês, 75%. Ela coordena as ?histórias patrocinadas?, que aparecerão no mural e no perfil do internauta, independentemente de ele estar utilizando um computador ou dispositivo móvel.

Dessa forma, a publicidade, antes restrita à extremidade direita do portal, aos poucos vai invadindo outros espaços, como mural, página de saída e álbum de fotos. Embora o Facebook se esforce para mostrar propagandas que sejam de interesse dos usuários, ao exibi-las em mais lugares e em maior número, enfrentará o desafio de não incomodá-los, ao mesmo tempo em que os utiliza para monetizar ainda mais sua rede.

Fonte: Uol-idgnow