Fones embolados? Ciência encontra uma forma de diminuir esse problema

De acordo com os estudiosos, basta juntar as extremidades do fone para reduzir drasticamente as chances de que ele acabe gerando um belo desafio.


Fones embolados? Ciência encontra uma forma de diminuir esse problema

Fato: ninguém escapa da fatídica situação de ter que desenrolar um fone de ouvido embolado que estava na mochila, no bolso ou em qualquer outro lugar. E, convenhamos, essa não é uma situação muito agradável dependendo da sua urgência, mas um grupo de cientistas britânicos alega ter descoberto uma forma de diminuir esse problema.

E, acredite, você não precisa realizar procedimentos mirabolantes para isso. De acordo com os estudiosos, basta juntar as extremidades do fone para reduzir drasticamente as chances de que ele acabe gerando um belo desafio para o seu raciocínio.

Para chegar a esse resultado, os pesquisadores misturaram pedaços de lã com tamanhos variados 20 vezes para ter uma ideia de quantos pontos ficariam livres de nós. Em seguida, fizeram o mesmo procedimento, mas com as pontas unidas ? o que gerou várias curvas e reduziu a quantidade de nós.

Além de confirmarem que linhas e cabos possuem uma ?tendência perversa de se embolarem espontaneamente?, com esse estudo ? que também atraiu a atenção de bioquímicos preocupados com as possibilidades de filamentos de DNA ficarem enrolados ? os cientistas informaram que isso é ainda mais frequente em itens com cabos mais longos.

Fonte: Tec mundo