Foto falsa de vítima de estupro na Índia torna - se viral no Facebook

Foto falsa de vítima de estupro na Índia torna - se viral no Facebook

Pai de menina que aparece em imagem procurou a polícia

O pai de uma estudante do sul da Índia procurou a polícia depois que usuários da internet passaram a circular uma foto de sua filha nas redes sociais alegando que ela era a vítima de um estupro coletivo de Nova Déli, afirmaram autoridades nesta sexta-feira (4).

Uma foto em homenagem à jovem morta depois de ter sido estuprada em um ônibus em movimento no dia 16 de dezembro e jogada para fora do veículo se tornou viral no Facebook.

Seu nome e identidade não foram divulgados pela polícia e pela mídia, de acordo com uma lei que concede às vítimas de crimes sexuais e as suas famílias o anonimato para protegê-los do estigma social.

Vinayakumar, comissário assistente da unidade de crimes cibernéticos da polícia de Kerana, no sul da Índia, disse que a foto utilizada na homenagem no Facebook era falsa e havia causado sofrimento.

"Recebemos uma denúncia do pai afirmando que a fotografia colocada no Facebook como a da vítima de estupro de Nova Délhi era falsa", disse o funcionário.

"A imagem utilizada foi a fotografia de sua filha que estava em seu perfil do Facebook. Repassamos (a informação) às autoridades do Facebook para que eliminem a fotografia e nos ajudem a encontrar os culpados", disse.

O ataque brutal contra a estudante de 23 anos em Nova Délhi no dia 16 de dezembro levantou uma grande discussão sobre o tratamento concedido às mulheres na sociedade indiana e provocou diversos protestos.

Fonte: G1