Games violentos aumentam nível de agressão e raiva do jogador

Experiência feita em laboratório com 70 jovens levou à conclusão de que quem joga games desse tipo se torna menos sensível a imagens violentas.

De acordo com pesquisadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, os cientistas suspeitavam havia anos que os videogames violentos causavam níveis maiores de agressão, mas isso nunca tinha sido testado de forma conclusiva por meio de experiências. Um estudo recente revelou que os jogadores de games violentos tornam-se menos sensíveis a imagens violentas e isso, por sua vez, levou a um aumento na agressão.

O estudo foi feito com 70 jovens adultos e consistiu de três fases principais. Inicialmente, as pessoas jogavam ou um jogo violento ou um não violento por 25 minutos. Entre os jogos "violentos" estavam Call of Duty, Hitman, Killzone e Grand Theft Auto.

Depois disso, as pessoas eram expostas a uma sequência de fotos neutras e violentas, e as respostas do cérebro dessas pessoas às imagens eram medidas.

Por fim, os participantes eram agrupados em pares e, em cada par, um dos membros tinha a oportunidade de submeter seu parceiro a uma carga ajustável de ruído. O nível de ruído que o participante escolheu usar foi interpretado como "medida" da agressão.

Os pesquisadores fizeram várias descobertas. Primeiro, os participantes que jogaram os games violentos no laboratório ajustavam de forma consistentemente maior o ruído que seu parceiro iria ouvir, o que foi interpretado como aumento da agressão.

Segundo, aqueles que não jogavam games violentos antes do estudo mas jogaram durante a experiência mostraram uma resposta cerebral reduzida a fotos violentas quando tiveram acesso a elas - um indicador de que o game, de alguma forma, as tinha tornado menos sensíveis.

Terceiro, os participantes que jogavam regularmente games violentos mostraram respostas cerebrais reduzidas a imagens violentas, independentemente de quais games jogaram no laboratório.

Fonte: Uol-idgnow