Jogo Star Wars Battlefront vai sair antes do filme, vídeo

O jogo é dono de um recorde – em três dias no mercado, reuniu um milhão de jogadores. E tem provavelmente um dos trailers de anúncio mais épicos da história. Disponível na Steam!

A semana passada deixou os fãs de Star Wars em polvorosa. Primeiro, devido ao fato mais importante – saiu um novo trailer e foi confirmado para dezembro o lançamento de Star Wars: O Despertar da Força, o sétimo episódio e início da nova trilogia. Pouco tempo depois, também durante a Star Wars Celebration, a maior convenção de amantes de Darth Vader do mundo, os fãs foram agraciados com Star Wars: Battlefront, e o pouco de sanidade que restava aos nerds deixou de existir assim como a Estrela da Morte em Uma Nova Esperança (1977).

Image title


Será um dos maiores jogos de Star Wars já feitos – e o com tecnologia mais avançada, uma vez que é o primeiro para a nova geração de consoles (e também o mais recente para PC). E é por isso que os fãs estão doidos, mas vão ter que esperar até 17 de novembro, um pouquinho antes do lançamento do filme, para lutar contra o Império – ou por ele.

Battlefront é, na realidade, um reboot. O original foi lançado em 2004 e a sequência veio um ano depois. Agora, a DICE, um dos departamentos de desenvolvimento da Eletronic Arts, quer transformar o jogo num ambiente massivo de ação na época da guerra entre o Império e a Aliança Rebelde com tudo o que o fã tem direito – AT-ATs, X-Wings, sabres de luz, lasers e clones que, se tudo der certo, vão acertar algum tiro. Como o próprio nome indica, o foco do jogo serão as batalhas, e a promessa é de que tudo siga a linha original da primeira trilogia, dos efeitos sonoros aos visuais dos planetas exóticos.

Vai dar para escolher os dois lados da força e personalizar o personagem, escolhendo armas, equipamentos e habilidades que vão melhorando conforme o jogador avança. Há toda uma parte social, que permite que jogadores troquem itens entre si e formem grupos para missões cooperativas. Esse, aliás, vai ser um dos pontos mais legais – as partidas multiplayer vão suportar 40 jogadores de uma só vez. Que a força esteja com esses servidores…

Pelo vídeo de divulgação, dá para ver qual a linha que o jogo vai seguir, mas dificilmente essas imagens vão aparecer na sua telinha enquanto você estiver jogando. As únicas pessoas que conseguiram ver o jogo em ação foram as que visitaram o estande da DICE na Star Wars Celebration na Califórnia, mas quem entrou lá gostou e muito do que viu. A nós, reles mortais sem o poder dos jedis, resta esperar o próximo trailer.

Ou a segunda opção – ir esquentando os motores da Millenium Falcon e se preparando para Battlefront com o que o universo de George Lucas já nos ofereceu nos consoles e computadores. É bom lembrar, há cerca de 200 jogos relacionados a Star Wars, começando lá em 1982, e por isso selecionamos apenas o que há de melhor nessa infinidade de títulos, inclusive escolhendo alguns de fácil acesso!

Quase uma unanimidade nas listas de “Melhor Jogo de Star Wars”. O RPG desenvolvido pela BioWare acertou em cheio os desejos dos fãs da série – situou o jogo muito tempo antes do primeiro episódio da saga e deu a eles lugares apenas mencionados nos filmes para explorar, além de oferecer as opções de atuar como um salvador jedi ou um sith traidor. Personagens, planetas, bem contra o mal, história bem construída… Tudo o que um fanático da franquia queria. Dá para jogar no computador e também nos celulares, com as versões lançadas recentemente.

O primeiro grande sucesso de Star Wars nos videogames. Numa época em que os arcades ainda imperavam (antes de a indústria de games sofrer o famoso crash neste mesmo ano), Star Wars apareceu com gráficos vetorizados numa “simulação de três dimensões” das batalhas interestelares contra Tie Fighters e Darth Vader. Uma pérola que, infelizmente, só é acessível via cabine original de arcade, um raro objeto de desejo dos colecionadores de jogos e itens da franquia.

Tudo em duas dimensões, mas (quase) perfeitamente enquadrado no universo dos filmes. Cada um dos três games corresponde a um filme da trilogia dos episódios IV, V e VI, colocando o jogador no controle de Luke Skywalker, Han Solo, Chewbacca e Princesa Leia num misto de ação a pé e sobre veículos. Estão disponíveis no Virtual Console das plataformas da Nintendo ou via emuladores – e valem muito a pena.

A X-Wing é uma das naves mais famosas da franquia e uma das favoritas dos fãs. Então a LucasArts decidiu lançar um game em que Luke Skywalker comandaria todo um esquadrão delas. Com bons visuais, controles e história, Rogue Squadron fez um tremendo sucesso no Nintendo 64 – tanto que voltou a aparecer duas vezes no GameCube alguns anos depois. Aqui, dá para tentar achar a versão para PC ou recorrer a um emulador.

Foi a investida do universo de Star Wars na área dos MMORPGs, aqueles jogos com milhares de jogadores compartilhando o mesmo mundo, trocando itens e passando dezenas de horas ininterruptas na frente do computador. Novamente é possível escolher o lado da força, as classes e as habilidades, sendo basicamente um Knights of the Old Republic ampliado e com mais funções online. O jogo é dono de um recorde – em três dias no mercado, reuniu um milhão de jogadores. E tem provavelmente um dos trailers de anúncio mais épicos da história. Disponível na Steam!

Quando os jogos de tiro em primeira pessoa ainda não tinham ganhado tanto espaço, Star Wars começou a ocupar o terreno com Republic Commando. Aqui, o jogador controla um clone que lidera o Esquadrão Delta, composto pelos melhores soldados clonados que existem. Cada um dos integrantes da equipe tem equipamentos e habilidades especiais e recebem ordens do jogador durante as missões. Algo diferente de tudo o que os fãs da franquia haviam jogado – e que você pode jogar no computador ou em plataformas mobile.

Fonte: Brasil Post