Gmail volta funcionar sem atraso e com anexos;Google se desculpa

Gmail volta funcionar sem atraso e com anexos;Google se desculpa

Gmail voltou a funcionar sem atrasos, informa painel de status do Google

O Google demorou quase 12h corrigir os problemas no Gmail que afetaram milhares de usuários na segunda-feira (23). O gigante de buscas anunciou no fim da noite de ontem que os erros que causaram atrasos no envio e recebimento de mensagens e outros problemas com anexos foram reparados e que o serviço voltou a funcionar sem qualquer tipo de limitação.

Durante o período de tempo em que sofreu com instabilidades, o Gmail apresentou falhas na hora de anexar e abrir arquivos e também atrasos no envio de mensagens. Ainda na segunda-feira, o próprio Google emitiu atualizações de status do serviço, explicando que pouco "menos de 50% dos usuários" poderiam estar passando por tais problemas.

Nesta terça-feira, porém, a empresa explicou que exatamente 29,1% das mensagens dos usuários do Gmail estavam com um atraso maior do que a média de 2,6 segundos. Já o sistema de anexar arquivos ao e-mail também estava com dificuldades de funcionar.

Houve alguma instabilidade também no acesso ao Google Docs, mas a nuvem de serviços que já está operando normalmente.

?Pedimos desculpas pela duração do evento e estamos cientes de que a melhor entrega de e-mails possível é importante para a experiência Gmail. Hoje, nosso serviço ficou bem abaixo do padrão?, escreveu o Google no painel de status do Gmail, disponível em seu site.

No fim da tarde, o Gmail já havia sido restabelecido o serviço para boa parte dos usuários, mas somente quase na madrugada de terça-feira é que a operação foi considerada completa. Em nova publicação na página oficial de monitoramento do cliente de e-mail, a empresa prometeu estar tomando providências para evitar que isso ocorra novamente.

A instabilidade prejudicou parte dos 425 milhões de usuários do Gmail e não teve sua causa informada pelo Google, ainda. Recentemente, uma falha de cache tirou do ar o rival Outlook.com, serviço de e-mail da Microsoft, deixando usuários sem acesso ao serviço.

?O problema com o Gmail foi resolvido. Pedimos desculpas pela inconveniência e agradecemos pela paciência e apoio. Fique seguro de que a confiança do sistema é prioridade no Google e estamos fazendo mudanças para tornar os nossos sistemas melhores?, completou.

Fonte: Tech Tudo