Google dá novo fôlego ao Orkut, mas futuro da rede está incerto

Lançado em junho, o Google+ teria, segundo estimativas informais, pouco mais de 40 milhões de usuários cadastrados em todo o mundo.

Durante sua rápida passagem pelo Brasil, em setembro, James Whittaker, diretor de engenharia do Google, garantiu que a criação da nova rede social da empresa, o Google+, não implicaria menor empenho da companhia para garantir o futuro do Orkut. ?O plano é continuar com os dois produtos?, disse. As evidências, contudo, apontam em outra direção. Há alguns dias ? e sem alarde -, o Google apresentou a primeira ação para levar usuários da mais antiga para sua mais nova rede: o recurso para migrar fotos do Orkut para o Google+. Parece que, enfim, a empresa centralizará esforços em seu mais novo projeto.



Lançado em junho, o Google+ teria, segundo estimativas informais, pouco mais de 40 milhões de usuários cadastrados em todo o mundo. Com o Orkut Photo Importer, tem agora a chance de levar mais brasileiros para dentro do novo serviço. A ferramenta permite aos usuários do Orkut transferir álbuns de fotos para o Google+: basta um clique.

Assim que o usuário adere ao serviço, a ferramenta sincroniza as imagens e mantém as fotos com descrições, mas não as divulga. Cabe ao cadastrado no Google+ deixá-las públicas na rede. A ferramenta reproduz o recurso de um aplicativo criado há tempos pelo brasileiro Rafael Zanoni, que permite a transferência de imagens do Orkut para o Facebook, coisa que, aliás, não agradou em nada o Google. Agora, ele resolveu usar a imagem em benefício próprio.

Fonte: Veja