Google e Centro de Memória Nelson Mandela divulgam o acervo do líder

Parte do que o líder africano escreveu tornou-se disponível em um centro digital de memória disponível na internet

Nelson Mandela morreu na quinta-feira (05), aos 95 anos. Admirado em todo o mundo pela luta contra o apartheid, ele passou 27 anos na prisão por causa do combate ao regime segregacionista.

Parte do que o líder africano escreveu tornou-se disponível em um centro digital de memória disponível na internet, clicando aqui (informações em inglês).

O arquivo multimídia traz correspondências, diários do tempo de prisão e notas produzidas durante as negociações para o fim do apartheid na África do Sul.

Fotos antigas e rascunhos de livros de Mandela também completam o acervo.

Fonte: EBC