Google envia carta ao governo e diz que pagou R$ 733 milhões em imposto

A empresa diz já ter aberto o sigilo fiscal por questionamentos anteriores e ter divulgado o pagamento de R$ 540 milhões em 2012.

O Google enviou uma carta ao gabinete do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, em que diz ter pago R$ 733 milhões em impostos no ano passado, segundo comunicado da empresa.

No próprio documento, a empresa diz ter escrito ao governo porque reportagens publicadas "nos principais jornais brasileiros, algumas inclusive com citações atribuídas a V. Sa. (o ministro), levantaram dúvidas sobre o recolhimento de impostos por parte da operação do Google no Brasil".

A carta, assinada pelo diretor geral do Google no Brasil, diz que todas as operações de venda feitas no Brasil são faturadas no país e que as informações de recolhimento de tributos são registradas junto às autoridades federal, estadual e municipal.

A empresa diz já ter aberto o sigilo fiscal por questionamentos anteriores e ter divulgado o pagamento de R$ 540 milhões em 2012.

Procurado pelo site, o ministério disse que o ministro Paulo Bernardo recebeu a carta enviada pelo Google e também falou ao telefone com o presidente da companhia, Fabio Coelho. "Na conversa, o ministro constatou que o montante de impostos pagos pelo Google Brasil é expressivo, embora esse seja um assunto da alçada da Receita Federal", disse o ministério, por meio da assessoria de imprensa.

Fonte: G1