Google fecha editor de fotos online e mais outros cinco produtos

Google fecha editor de fotos online e mais outros cinco produtos

O Google anunciou nesta sexta-feira o fim de mais seis produtos da companhia

O Google anunciou nesta sexta-feira o fim de mais seis produtos da companhia. Entre eles, está o Picnik, editor de fotos online adquirido pela empresa em 2010. Segundo o Google, a equipe do aplicativo vai trabalhar para que a edição de fotos esteja disponível em todos os produtos do Google. A versão premium estará disponível para todos os usuários, e quem paga pelo serviço receberá o reeembolso completo.

Segundo a companhia, que já anunciou a descontinuidade de dezenas de produtos nos último meses, a medida faz parte de uma "resolução de Ano-Novo": manter o foco em construir produtos incríveis que milhões de pessoas amam usar todos os dias. "Isso significa um olhar difícil em produtos que reproduzem outras características, não alcançaram a promessa ou não podem ser integrados na experiência geral do Google", afirmou, em nota, a gigante da internet.

Entre os produtos encerrados ou integrados a outros estão o Google Message Continuity, serviço de recuperação de email para clientes corporativos. Segundo a companhia, esse serviço será oferecido agora pelo Google Apps. O Sky Map, aplicativo para Android criado por funcionários e lançado em 2009 e mostra um mapa do céu a partir da câmera do celular, vai virar open-source, com a colaboração da Universidade Carnegie Mellon.

O Needlebase, plataforma de gerenciam,ento de dados, será descontinuada. O Social Graph API, que torna as informações sobre as conexões entre as pessoas públicas na web disponível para os desenvolvedores, também será extinta, já que não tem a adoção esperada pelo Google. Por fim, o Urchin, adquirido em 2005 como base para o Google Analytics, terá a versão cliente hospedado extinta.

Fonte: Terra, www.terra.com.br