Google Glass pode ficar cinco vezes mais barato no lançamento

Google Glass pode ficar cinco vezes mais barato no lançamento

A estimativa não foi confirmada pelo Google e foi feita com base no custo dos materiais utilizados para construir o Glass

O Google Glass assustou muita gente quando foi oferecido para desenvolvedores por US$ 1.500 (cerca de R$ 3.400). No entanto, um estudo publicado pelo Topology Research Institute, da China, revelou que o custo do equipamento deve cair cerca de cinco vezes na época de lançamento, passando para US$ 299 (R$ 680).

A estimativa não foi confirmada pelo Google e foi feita com base no custo dos materiais utilizados para construir o Glass, que incluem sensores, 8 GB de memória flash, um touchscreen, GPS, Wi-Fi e Bluetooth. Estas partes seriam semelhantes às utilizadas em outros gadgets, como o smartwatch Motorola MotoActv, lançado no início de 2012 pelo preço aproximado de US$ 199 (R$ 450).

Os cálculos indicam que o custo destes materiais gira em torno de US$ 100 a US$ 150. A isto, acrescenta-se o display do Google Glass, cujo preço estimado varia entre US$ 30 a US$ 35. Este valor pode ser reduzido, já que o Google comprou ações da Himax, a empresa que fornece os displays do equipamento. Outro componente importante para o preço total é o fone de ouvido, cujas estimativas mais altas chegam a US$ 40.

Considerando apenas os preços mais altos, o valor total dos componentes chega a US$ 225 (R$ 511). Este número, adicionado à margem de lucro e aos custos de produção mostram que o valor de US$ 299 é realista.

Outro motivo que pode ter aumentado o preço inicial do Glass foi uma tentativa do Google de inflar artificialmente o preço do produto. Isto teria dado à empresa uma forma de garantir que somente entusiastas da tecnologia adquirissem o produto, o que reduziria a chance de, por exemplo, pessoas que não entendam como o Google Glass funciona ou seu impacto reduzam as espectativas do gadget antes mesmo de seu lançamento oficial, previsto para o fim deste ano.

Fonte: Tech Tudo