Google já vale quase R$ 1 trilhão; são mais de 300 milhões de ações

Google já vale quase R$ 1 trilhão; são mais de 300 milhões de ações

A marca também distancia o Google de outra concorrente, a Microsoft.

O ano de 2013 foi incrível para os acionistas do Google e o início de 2014 também está se mostrando promissor. A empresa, criada em 1998 como um mero site de buscas e só cresceu e diversificou as atividades desde então, já está valendo mais de US$ 400 bilhões, ou cerca de R$ 960 bilhões em conversão livre para a moeda nacional.

O valor em questão é referente à capitalização de mercado, que significa o número de ações em que a empresa está dividida multiplicado pelo valor de cada uma delas. Neste momento, o Google oferece mais de 330 milhões de ações, que são trocadas em média por quase US$ 1,2 mil.

Vale lembrar que o valor de capitalização de mercado é muito diferente de "valor de marca", divulgado em tantos rankings. Neste caso, se trata de um estudo mais subjetivo sobre o alcance e reconhecimento da empresa, bem como a visão que o público tem sobre seus serviços.

Com a constante valorização de suas ações, o Google começa a pressionar a Apple para tentar roubar o posto de empresa de tecnologia mais valiosa do mundo. A capitalização de mercado da maçã chega a US$ 484 bilhões, superando a casa do trilhão de reais. Em moeda brasileira, a Apple vale R$ 1,15 trilhão.

A marca também distancia o Google de outra concorrente, a Microsoft. Por muito tempo as duas empresas ficaram praticamente juntas neste ranking, mas agora a empresa das buscas conseguiu abrir uma vantagem, deixando a criadora do Windows, com seus US$ 312 bilhões (R$ 744 milhões), para trás.

Fonte: Olhar Digital