Google testa versão do Chrome que não mostra a URL completa

Google testa versão do Chrome que não mostra a URL completa

O Chrome tá cada vez mais lento, pesadão. Ainda assim, é o navegador preferido de muita gente

Imagine só, você abre o seu navegador preferido ? no caso, o Google Chrome ?, digita o endereço do seu blog predileto ? no caso, o Tecnoblog! ? e começa a navegar pelas notícias mais relevantes do mundo da tecnologia. Encontra uma matéria tão interessante que decide mandar para um amigo por email. Eis que, quando clica na barra de endereços do navegador, percebe que a URL não está ali. O endereço da página sumiu!

Acredite se quiser, mas os criadores do Chrome estão cogitando justamente remover a barra de endereços como nós conhecemos. Em vez de exibir a URL completa da página aberta, o Chrome passaria a mostrar somente o domínio: tecnoblog.net, globo.com ou nytimes.com. Qual a necessidade disso? Ainda não temos uma resposta concreta, mas especula-se que os responsáveis pelo browser chegaram à conclusão de que mostrar a URL não é bonito, muito menos prático.

O programador Paul Irish, que faz parte do desenvolvimento do Chrome, disse que o teste começou a ser feito com um número limitado de internautas. Estão em busca de métricas para demonstrar como as pessoas adotam a nova OmniBox sem a URL. Entretanto, ele próprio se diz contra a medida. Irish está torcendo para que os dados façam o Google desistir da ideia.

Os internautas iniciaram uma discussão a respeito do assunto no fórum do Hacker News. Deu pra observar que muitos são contra a implementação. Pelo menos ela criaria mais uma chance para os internautas saberem se estão sendo vítimas de alguma tentativa de fraude. Uma vez que o navegador exibe somente o domínio, fica difícil de mascarar algo como itau-unibanco.wwwcombr.atendimentoaocliente.siteporcaria.com.

De qualquer forma, o canal Canary é o primeiro passo para que qualquer recurso chegue às milhões de pessoas que usam o Chrome no planeta. Caso seja aprovada, a nova OmniBox deveria passar ainda pelo canal Beta, antes de se tornar oficial.

O Chrome tá cada vez mais lento, pesadão. Ainda assim, é o navegador preferido de muita gente. Ao longo do tempo, o Google foi adicionando ou popularizando recursos que, mais tarde, tornaram-se algo comum na indústria. Por exemplo, ter uma única barra para digitar o endereço ou fazer uma pesquisa. Bem mais prático! Da mesma forma, o Chrome conversa com a busca do Google para pré-carregar as páginas que provavelmente serão abertas pelo internauta após uma pesquisa.

O Safari para iPhone e iPad já esconde a URL. O browser para computador mostra o domínio com uma tipografia preta, enquanto o que vem depois da barra aparece num tom mais fraquinho, cinza.

No Chrome para celulares e tablets, repare que o navegador automaticamente some com a barra de ferramentas no topo, para dar espaço à página em exibição ? como se fosse um modo de tela cheia. Pode ser que o comportamento das pessoas nos dispositivos móveis facilite a transição para um navegador de computador que não mostra o endereço completo.

Ainda assim, a URLs fazem parte da filosofia por trás da internet. A capacidade de linkar qualquer coisa ? e os próprios hyperlinks ? transformaram a web nesta maravilha que conhecemos.

Como testar a Omnibox sem barra de endereços do Chrome

Baixe a versão Canary Build do navegador.

Abra o endereço chrome://flags/#origin-chip-in-omnibox.

Marque a opção ?Enabled; hides on click in the Omnibox?.

Você pode rodar tanto o Chrome regular quanto o Chrome Canary simultaneamente na sua máquina (pelo menos no Mac é assim).

Fonte: tecnoblog