Google usa fitas para recuperar e-mails deletados do Gmail

Google usa fitas para recuperar e-mails deletados do Gmail

Cerca de 150 mil usuários do Gmail tiveram os seus e-mails deletados

O Google divulgou na madrugada desta terça-feira (1) um post em que explica o que causou a falha que atingiu 0,02% dos usuários do Gmail. Cerca de 150 mil contas do serviço tiveram o seu conteúdo deletado, como mensagens, anexos e arquivos de conversas no Gtalk.

Segundo o Google, cópias das informações dos usuários são salvas em fitas de dados para protegê-las de falhas que podem atingir o software. ?Como as fitas são offlines, elas estão protegidas desses erros. Mas restaurar os dados delas pode levar mais tempo do que transferir de outro data center. É por isso que nos levou horas para recuperar os e-mails em vez de ?milissegundos??.

Mesmo o Google tendo várias cópias dos dados dos usuários em datas centers, em alguns casos, uma falha no software pode afetar várias dessas cópias, explica o post. ?Algumas cópias dos e-mails foram deletadas, e tivemos que trabalhar mais de 30 horas para recuperá-las?.

A companhia explicou que uma atualização de software causou o erro no Gmail. ?Logo que descobrimos o problema, paramos imediatamente a implantação do novo sistema e voltamos para a versão antiga?. O Google confirmou que a maioria dos usuários afetados teve os seus e-mails recuperados.

Fonte: g1, www.g1.com.br