Governo quer elevar fiscalização contra os celulares "xing-ling"

Empresas que trazem terminais do exterior para revender no Brasil terão de apresentar certificado de qualidade dos produtos.

O governo brasileiro quer dificultar a importação de telefones celulares de baixa qualidade. A entrada dos aparelhos deverá ser previamente certificada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).


Governo quer elevar fiscalização contra os celulares

Segundo o governo, a medida serve para garantir a segurança dos produtos e impedir a concorrência desleal aos empresários nacionais. A iniciativa foi acertada ontem (12/01) entre os ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, e das Comunicações, Paulo Bernardo, que se reuniram para discutir o assunto.

Atualmente, as avaliações de qualidade dos aparelhos telefônicos comprados no exterior são feitas depois de ingressarem no Brasil. Com a mudança das regras, o importador terá que apresentar o certificado emitido pelo órgão regulador. ?Queremos impedir a entrada no País de aparelhos de baixa qualidade?, disse Pimentel

Segundo Pimentel, a decisão visa a atestar a qualidade do produto antes de ingressar no País. ?Com essa medida, o exame para ver o produto atende as normas de segurança e a operacionalidade será prévio. Esses celulares vêm sendo importados de maneira volumosa e temos muitos problemas de qualidade técnica?, disse.

Para atuar como certificadora, a Anatel deverá ter a autorização aprovada pela Câmara de Comércio Exterior (Camex). A reunião está prevista para ocorrer no próximo dia 25, no qual o tema será colocado em votação.

Fonte: Uol-idgnow