Harlem Shake em biblioteca causa demissão de funcionária

Harlem Shake em biblioteca causa demissão de funcionária

Calypso Nash foi acusada de não fazer nada para impedir a gravação e perdeu o emprego.

Uma funcionária foi demitida na Universidade de Oxford, na Inglaterra, após alunos gravarem um vídeo do Harlem Shake, fênomeno da Internet, dentro de uma das bibliotecas da instituição. Calypso Nash foi acusada de não fazer nada para impedir a gravação e perdeu o emprego.

Nas imagens, alunos estudam normalmente na biblioteca quando um garoto aparece vestido de jogador de futebol americano e faz a coreografia bizarra do hit. Logo depois, todos se juntam à dança maluca pelos corredores e em cima de mesas e cadeiras.

Agora, os mais de 30 estudantes que participaram do vídeo e foram multados estão em campanha na universidade para tentar reaver o cargo de Calypso e anularem suas punições por ?promover a desordem?. Um abaixo-assinado está correndo pelo campus da instituição e será entregue aos diretores para que reconsiderem a decisão.

Eles alegam que não houve qualquer transtorno, já que o vídeo foi gravado tarde da noite de um domingo, e que a bibliotecária não teve nada a ver com a organização da brincadeira. O vídeo original com milhares de visualizações no YouTube deixou os diretores da Universidade de Oxford revoltados e foi tirado do ar. Mas outros usuários já repostaram.

Fonte: tech tudo