Homem envia SMS sexual para todos os seus contatos e é preso

O professor foi acusado de incitar menores a praticar atos sexuais.

O professor de natação Craig Evans, 24 anos, foi parar na prisão por ter enviado um SMS com teor sexual. De acordo com o Daily Mail, a intenção do rapaz era mandar a mensagem somente para uma namorada, mas por engano o SMS foi remetido a todos os contatos de sua agenda telefônica. Entre as pessoas que receberam, estavam duas menores de idade.

As adolescentes de 13 e 14 anos que receberam o texto íntimo eram alunas de Evans em um clube esportivo e de lazer. Pela mensagem, o professor foi acusado de incitar menores a praticar atos sexuais e foi condenado à uma pena de 18 meses de prisão.

A sentença foi emitida em julho deste ano, mas a história veio à tona nesta semana, depois que os advogados de Evans entraram com recurso em uma corte de Londres, alegando que o réu havia cometido um engano ao enviar o SMS para todos os seus contatos, incluindo as alunas.

Na mensagem, Evans convidava sua paquera - de quem ainda não se conhece a identidade - para ter uma relação sexual com ele, tocando "pele na pele" e ainda questionada se ela preferia que fosse "rápido ou devagar".

"Os fatos deste caso são bastante incomuns. Mensagens foram enviadas a todos os contatos em seu telefone (o de Evans), inclusive para membros de sua própria família", declarou o juiz do caso, que concedeu o recurso para o professor, por entender que ele estava "evidentemente equivocado" ao enviar o SMS a todos os contatos armazenados em seu BlackBerry.

A pena de Evans, que anteriormente já havia sido reduzida para 9 meses de detenção, foi suspensa "dada as circunstâncias incomuns" do ocorrido, e o professor foi posto em liberdade.

Fonte: Terra