Homem reencontra mãe pelo Facebook após 33 anos

A partir desse primeiro contato no Facebook, Richard e Andrea se falaram por telefone

Um homem dado para adoção quando era um bebê recém-nascido conseguiu localizar a sua família 33 anos depois, graças ao Facebook. Nesta segunda-feira (8), Richard Marks viaja de Weymouth para Manchester, na Inglaterra, para finalmente conhecer pessoalmente sua mãe biológica, Carol Horridge, 52, e seus irmãos Andrea e Marcos.

Sabendo apenas que na época do seu nascimento, Carol morava nos arredores de Manchester, Richard decidiu tentar a sorte na popular rede social. Após uma busca no site, ele enviou mensagens para dezenas de pessoas com o mesmo sobrenome de Carol e que moravam na mesma área.

Para sua surpresa, recebeu uma resposta de Andrea Roczniak dizendo "Eu acho que você é meu irmão".

A partir desse primeiro contato no Facebook, Richard e Andrea se falaram por telefone, quando a irmã contou que também estava à procura de Richard há 15 anos e que tinha uma família grande à sua espera.

Ironicamente, Richard - que passou 15 anos procurando por sua família biológica - morou por muito tempo a menos de 10 Km deles.

"Eu sinto que minha vida começou de novo e eu tenho toda uma nova família - não poderia estar mais feliz nem se tivesse ganhado na loteria", disse Richard ao jornal britânico "The Sun".

"Nossos caminhos poderiam ter se cruzado várias vezes ao longo dos anos, e nós nunca saberíamos. O Facebook mudou a minha vida", comemorou.

A história de Richard acontece menos de um mês após Avril Grube, 62, também ter usado o Facebook para reencontrar seu filho Gavin Paros, 27 anos depois de ele ter sido raptado pelo pai.

Fonte: g1, www.g1.com.br