HP lança Slate 21, que é o primeiro computador com Android no Brasil

O HP Slate 21 tem uma proposta muito interessante de embarcar, em um All-in-One, um sistema já consolidado na vida dos usuários de smartphones

O HP Slate 21 é um All-in-One pensado no usuário assíduo do Android, que já utiliza o sistema em celulares ou tablets, e quer ter um computador onde o conteúdo possa ser compartilhado com a família, sem ter que passar um dispositivo de mão em mão para que cada um assista a um vídeo no YouTube, por exemplo. Mas será que ele cumpre bem o seu papel de "computador de messa"? Confira as primeiras impressões do TechTudo.

Apesar de ser um Android projetado para tablets, o seu uso em um computador de mesa está longe de ser uma experiência incômoda. Na verdade, a adaptação é bem rápida. Tanto o uso com o toque na tela, que é o caminho natural nesta plataforma, como com mouse e teclado funcionam muito bem. No quesito usabilidade, o Android embarcado em um All-in-One funciona como outro sistema qualquer.

A HP pensou neste produto como um computador que estaria em um local de fácil acesso na casa para que todos os membros pudessem compartilhá-los individualmente ou coletivamente. Para esta segunda opção, os alto falantes frontais cumprem bem o seu papel: o som é bem alto, nítido e não distorce, mesmo no último volume.

O produto tem um acabamento bem cuidado e ocupa um espaço pequeno na mesa. Se quiser trabalhar sem a "dobradinha" mouse e teclado, que acompanham o produto, basta deslizar o seu apoio que a tela inclina, se tornando quase uma mesa digital. Deste modo, é bem confortável navegar pelas funções do Android.

O primeiro ponto negativo perceptível é a impossibilidade de mostrar mais de um aplicativo ao mesmo tempo na tela ou em uma janela pequena. Para que precisamos de uma calculadora tão grande? Dividir a tela entre diversas janelas é uma função fundamental em desktops e notebooks para, principalmente, elevar a produtividade. Para deixar claro, não estamos falando do recurso de multitarefa, que o Android com certeza suporta, mas sim da impossibilidade de deixar dois aplicativos visíveis ao mesmo tempo.

O fato de o Slate 21 abrir qualquer aplicativo em tela cheia torna incômoda a navegação na internet. Na maioria das páginas testadas, as imagens e logos perdem resolução e ficam pontilhadas. Quem está acostumado a navegar em tablets e notebooks vai perceber uma grande diferença

Já o acesso às notificações do Android se dá apenas no canto esquerdo da tela, em uma área muito pequena, especialmente em um display de 21,5 polegadas. Quando você se acostuma com este detalhe, esbarra na borda do All-in-One, que deixa a tela "recuada" e dificulta deslizar o dedo para baixo.

O espaço de armazenamento é de apenas 8 GB e a memória RAM traz somente 1 GB, número considerado pouco até mesmo para os smartphones, imagina para um All-in-One que pretende ser compartilhado entre os membros de uma família.

Em nossos testes, percebemos que jogos projetados para a tela vertical de um celular não se adaptaram a tela horizontal do HP Slate 21. Deste jeito, o jogo ficou deitado, impossibilitando o seu uso. Entretanto, o gerente geral de PCs da HP, Fernando Soares, garantiu que uma próxima atualização de software resolverá este problema e o game entrará automaticamente na dimensão correta. Por enquanto, segundo ele, um ajuste de tela acionada pelo usuário pode colocar tudo no lugar, mas infelizmente não conseguimos comprovar.

Fonte: tech tudo