Internet 5G começa a ser desenvolvida com despesa de R$ 80 mi

Internet 5G começa a ser desenvolvida com despesa de R$ 80 mi

O objetivo desta ação é fazer com que o Reino Unido seja o berço desta tecnologia, mesmo que isso demore uma década para acontecer

Enquanto no Brasil nem o 4G chegou ainda, na Inglaterra já há conversas para a implantação de uma Internet 5G. O governo local já se comprometeu a gastar 11,6 milhões de libras (quase R$ 40 milhões) no projeto, que vai contar ainda com o incentivo privado para tornar o novo padrão de conexão móvel uma realidade nos próximos anos.

O objetivo desta ação é fazer com que o Reino Unido seja o berço desta tecnologia, mesmo que isso demore uma década para acontecer. Por isso, os investimentos são grandes. Além dos milhões vindos do governo, empresas da área da telefonia como Huawei, Samsung, Telefonica, Fujitsu, Rohde-Schwarz e Aircom International irão desembolsar um total de 24 milhões de libras (R$ 80 milhões) no 5G.

O centro de desenvolvimento vai ser criado em breve na Universidade de Surrey, no sul da Inglaterra. A instituição é uma das mais famosas do Reino Unido, com destaque para o investimento nas pesquisas relacionadas à tecnologia. Obviamente, o processo está apenas no início e ainda há muito estudo por fazer.

Vale lembrar que o padrão de redes 4G foi implementado em todo o Reino Unido somente neste mês, mas o pensamento do país já está em muitos anos adiante. No Brasil, a expectativa é de que, até 2014, boa parte dos usuários de Internet móvel já possam utilizar este tipo de conexão ? que terá formato diferente do padrão adotado em boa parte dos outros países.

Fonte: techtudo.com.br