iPhone 4S estreia no Brasil com problemas, mas custa R$ 3.400

iPhone 4S estreia no Brasil com problemas, mas custa R$ 3.400

As novidades não trazem grandes impactos para os usuários do iPhone 4

Se você já tem um iPhone 4 é bem possível que fique pouco impressionado com as novidades oferecidas pelo iPhone 4S, considerado seu sucessor. Os principais destaques da novidade ? que chega a custar R$ 3.400 no site oficial da Apple, um preço inédito para smartphones no Brasil ? são o processador dual-core, a câmera com maior resolução e também o assistente pessoal Siri, que obedece aos comandos de voz do usuário.

As novidades não trazem grandes impactos para os usuários do iPhone 4, mas a história muda se considerados os donos de outros aparelhos ? aqueles sem os recursos das duas últimas gerações de iPhone.

Entram nessa lista de chamarizes -- disponíveis no iPhone 4 e 4S -- a tela Retina (com imagens bastante nítidas), a boa resolução das câmeras (5 e 8 megapixels) e a velocidade de conexão. Tanto no iPhone 4 como no sucessor, fisicamente quase idênticos, essas características são bastante satisfatórias. Somadas a outros recursos do smartphone da Apple (loja de aplicativos, sensibilidade do touchscreen, sincronização do conteúdo entre diversos eletrônicos), elas colocam a Apple no topo da lista dos smartphones mais desejados.

Já citadas as semelhanças, o principal diferencial do aparelho mais novo é o assistente pessoal Siri. Na prática, ele executa as ordens que o usuário dá usando apenas a voz ? nada de interação física com o smartphone para ele tocar uma música, por exemplo. Na teoria, alguns (poucos) recursos não estão disponíveis no Brasil e o aparelho pena com o sotaque dos brasileiros, pois ainda não entende português. Para dar ordens ao Siri, somente falando inglês, alemão ou francês.

Em um primeiro contato com o assistente, o usuário pode ficar tímido (afinal, está falando com uma máquina). Mas o Siri conquista aos poucos: ele entende solicitações feitas de diferentes maneiras, traz informações buscadas na internet e, com o tempo, acaba se mostrando útil. Passado esse período de adaptação, o usuário acaba se acostumando a apertar apenas um botão para programar o despertador ou ligar para sua mãe, por exemplo.

Na lista das diferenças entre os dois modelos recentes da Apple, talvez a mais difícil de mensurar seja a troca de processadores: ele foi do A4 (núcleo simples) para o A5 (núcleo duplo). Isso significa que o novo smartphone executa as tarefas de forma mais rápida que seu antecessor ? segundo a Apple, a velocidade é duas vezes superior. Na prática muda pouca coisa quando se navega pela internet e acessa aplicativos leves, mas os fãs de games podem sentir mais esse impacto positivo.

No site oficial da Apple, a empresa afirma: ?[...] o chip A5 é tão eficiente em termos de consumo de energia, que a duração da bateria do iPhone 4S é surpreendente?. Nos testes, no entanto, não houve a surpresa anunciada: o aparelho parece consumir tanta bateria quanto seu antecessor, isso se não for mais. Para um usuário que aproveita os diversos recursos do smartphone da Apple, uma carga dura entre um e dois dias.

A câmera do iPhone 4S é boa, muito boa. Seus 8 megapixels registram imagens bastante nítidas e definidas. Segundo a Apple, as lentes customizadas usam cinco elementos de precisão para trabalhar com a luz ? talvez seja esse o motivo das fotos tão definidas. Se comparadas as imagens feitas com o iPhone 4 e 4S, fica óbvia a vantagem do modelo mais novo. Essa qualidade também está presente nos vídeos de até 1080p (alta definição).

O intervalo entre os disparos é bem rápido, permitindo que o usuário dispare uma sequência de cliques sem ter de esperar. Testes feitos pela reportagem mostram que o iPhone 4 registra cerca de oito fotos em dez segundos, enquanto o modelo mais novo chega a capturar 18 imagens no mesmo período de tempo.

Por conta do sistema operacional iOS5, é possível tirar fotos com o botão (física) do volume e editar as imagens diretamente na tela do celular. A versão iOS5 da plataforma também libertou o usuário da necessidade de sincronizar frequentemente o aparelho com o computador: via internet sem fio, o usuário consegue baixar músicas, apagar imagens e sincronizar conteúdo com outros aparelhos, por exemplo. Apesar de vir de fábrica no iPhone 4S, o novo sistema operacional também está disponível para modelos mais antigos do smartphone.

Fonte: UOL