Irã quer combater pornografia online em parceria com Facebook

Hadianfar afirmou que o plano seria possível com a colaboração do Facebook.


Irã quer combater pornografia online em parceria com Facebook

O Irã quer trabalhar em cooperação com o Facebook para combater crimes cibernéticos e pornografia, o que representa uma reviravolta na postura do governo com relação à rede social, que chegou a ser proibida após o uso por ativistas como uma ferramenta de organização no país. Segundo a AP, a agência semi-oficial Isna diz que o general Kamal Hadianfar, chefe da ciberpolícia iraniana, quer usar o Facebook para remover páginas contendo pornografia e prostituição.

Hadianfar afirmou que o plano seria possível com a colaboração do Facebook, mas não entrou em detalhes sobre a cooperação. "Em 2010, o Facebook serviu como um domínio livre para os criminosos, mas em nome de Deus e com a presença da polícia nos últimos 15 meses, temos feito muitos movimentos significativos para limpar s redes sociais, especialmente o Facebook", afirmou o o general, segundo CNET.

Fonte: Terra