Microsoft apresenta novidades da próxima versão do Windows

O herdeiro do Windows 7, denominado extraoficialmente Windows 8, foi apresentado brevemente nesta quarta-feira (1º).

A Microsoft ofereceu na noite de quarta-feira (1) na Califórnia uma antecipação de como será a próxima versão de seu sistema operacional Windows, que está sendo desenvolvido para concorrer no mercado dos tablets.

O novo software pretende adaptar o entorno tradicional do Windows a um sistema de telas touchscreen, aplicativos e menus dinâmicos, para o que tomará como referência a estética e a funcionalidade de sua versão atual para telefones celulares Windows Phone 7.

O herdeiro do Windows 7, denominado extraoficialmente Windows 8, foi apresentado brevemente nesta quarta-feira no marco da conferência "D9: All Things Digital", que está sendo realizada esta semana em Rancho Palos Verdes, no sul da Califórnia.

Steven Sinofsky, presidente da divisão Windows da Microsoft, assegurou que o próximo Windows servirá tanto para o entorno habitual de escritórios, para mouse e teclado, como para dispositivos mais móveis.

A primeira demonstração do Windows em teste para um tablete, que para funcionar precisa estar conectado a um computador convencional, correu a cargo de Julie Larson-Green, vice-presidente do Windows Experience.

À primeira vista, o novo sistema operacional supõe uma mudança drástica com relação a seus antecessores, a maior remodelação deste sistema operacional desde o Windows 95, há quase 16 anos.

Entre outros aspectos, o próximo Windows carece dos tradicionais comandos de inicialização na parte inferior da tela e os substitui por um menu oculto que aparece em uma das laterais, enquanto os diversos programas são mostrados visualmente como se fossem aplicativos.

"É um Windows completo", disse Julie Larsson-Green, que reconheceu que a estética foi inspirada no sistema operacional para celulares, embora tenha sido ajustado para "aproveitar o espaço que oferece uma tela maior".

O software permitirá a realização de tarefas simultâneas e combinar dois programas para ver duas aplicações ao mesmo tempo.

A previsão é que o novo Windows seja lançado em 2012, enquanto mais detalhes serão fornecidos na conferência que a Microsoft organizará em setembro na Califórnia.

Fonte: Folha.com