Motorola e Google desenvolvem uma pílula para substituir as senhas atuais

A Motorola e o Google trabalham em um projeto que promete acabar com o problema de quem vive esquecendo as senhas.


Motorola e Google desenvolvem pílula para substituir senhas

A Motorola e o Google trabalham em um projeto que promete acabar com o problema de quem vive esquecendo as senhas, cada vez mais numerosas no cotidiano das pessoas.

Regina Dugan, líder da divisão de projetos especiais da Motorola, comentou sobre o desenvolvimento, em parceria com engenheiros do Google, da pílula digerível que transforma o corpo do usuário em um "token" (dispositivo eletrônico gerador de senhas, geralmente sem conexão física com o computado) de autenticação.

O equipamento conta com uma bateria alimentada pelo ácido presente no estômago humano e pode produzir um sinal de 18 bits, que pode ser lido por meio de dispositivos móveis, permitindo verificar a identidade de um indivíduo. A pílula foi apelidada pela própria Dugan como ?autenticação vitamínica? e já foi certificada como um ?remédio? seguro pela FDA (Food and Drugs Administration, o orgão norte-americano que regulamenta alimentos e medicamentos).

Cada comprimido destina-se a mover-se através do corpo com o processo normal da digestão, e de acordo com os engenheiros que trabalham no dispositivo, pode ser tomado cada diariamente durante um mês.

Dispositivos eletrônicos será capaz de ler o sinal único, acabando com a necessidade de senhas e formulários de papel de identificação, libertando os usuários de tarefas como recordar inúmeros códigos e respostas de segurança.

As informações são do Daily Mail.

Fonte: Terra