Motorola lança Moto E, o seu novo smartphone básico, a partir de R$530

O aparelho, que chegou a ser listados em lojas online antes do anúncio, foi apresentado nesta terça-feira, 13, em evento em São Paulo.


Motorola lança um smartphone que custará a partir de R$ 529

Depois de alguns vazamentos, a Motorola finalmente tirou o último véu que sobrava sobre o Moto E. O aparelho, que chegou a ser listados em lojas online antes do anúncio, foi apresentado nesta terça-feira, 13, em evento em São Paulo.

O dispositivo chega ao mercado amanhã em duas versões, uma simples, de R$ 529, e outra com TV digital e duas capinhas traseiras adicionais que sairá por R$ 599 - ambas têm entrada para dois chips.

Confirmando rumores, o aparelho tem tela de 4,3 polegadas com resolução 960x540 (256 ppi), chip Snapdragon 200 de dois núcleos com clock de 1,2 GHz, 1 GB de memória RAM e 4 GB de armazenamento interno, com slot para cartão microSD de até 32 GB.

Sua bateria tem 1.980 mAh e a peça traseira será removível para customização. Ele não terá câmera frontal, apenas uma traseira de 5 megapixels, que deve ter qualidade semelhante ao seu ?irmão?, o Moto G. A diferença, porém, é que ele não tem flash.

A Motorola promete que o dispositivo "foi feito para durar". Por isso, seu display possui Gorilla Glass, que garante maior resistência a riscos; ele também é resistente a respingos d"água, o que significa que pode tomar chuva e continuar funcionando normalmente. A promessa também vale para software: o aparelho vem com Android 4.4.2 (KitKat) quase puro e garantia de atualização para a próxima versão.

Trata-se de um celular ainda mais barato que o Moto G, que foi um sucesso absoluto da empresa. Isso não é surpresa, já que todas as suas configurações são, de fato, inferiores. A Motorola planeja atingir mercados emergentes e, por isso, ele tem capacidade para dois chips SIM, e não tem conectividade 4G.

Fonte: olhardigital