Motorola Razr tem sistema GPS que impressiona e filma em HD

Motorola Razr tem sistema GPS que impressiona e filma em HD

O smartphone conta com um conjunto de sistemas GPS com o qual o usuário só se perde se quiser

Entre os smartphones avaliados no teste que avalia câmera de 8 megapixels e GPS (completam a lista Motorola Milestone 3, Nokia E6 e Galaxy SII), o Motorola Razr é que tem o melhor sistema de navegação. Diferentemente de boa parte dos aparelhos nas prateleiras, somente com o aGPS (um tipo de GPS que precisa de internet para funcionar), o smartphone conta com um conjunto de sistemas com o qual o usuário só se perde se quiser.

O GPS funciona de forma muito rápida e dá opções de rota caso você esteja de carro, a pé ou transporte público. Se preferir caminhar, ele mostra a rua, guiando o usuário por meio de uma linha exibida na tela (muito semelhante ao Google Maps).

O aparelho trabalha com vários sistemas que proporcionam essa qualidade de navegação. O sGPS (simultaneous GPS) permite que o telefone receba dados de GPS e voz ao mesmo tempo. Já o eCompass é composto de sensores, hardware e software que permite detectar a direção do aparelho. De forma semelhante a uma bússola que sempre aponta para o norte magnético, a tecnologia consegue detectar os componentes geomagnéticos, e em função disso, calcular a direção para a qual o dispositivo está sendo apontado ou movido.

O Gyrometer, também presente no equipamento, funciona como um giroscópio eletrônico e calcula a inclinação em relação ao eixo terrestre. Ele estipula o ângulo no qual o dispositivo está posicionado com precisão. Indica se o usuário está deitado, inclinado ou em pé.

Imagens

O Razr faz fotos com qualidade e filma em HD. Com isso, você pode usar e abusar da filmadora e ver como o filme fica (nas mãos de um usuário comum, excelente). A câmera fotográfica de 8 megapixels possibilita que, somente com o celular, seja possível tirar fotos em alta resolução, com cores vibrantes. E, assim como ocorre com seu concorrente Galaxy SII, o Motorola permite edições básicas das imagens no próprio telefone.

Mesmo com tantas qualidades, o aparelho peca, e muito, em sua qualidade de ligação. Durante seu uso pela reportagem, ocorreram diversas falhas e interferências. O preço sugerido bem salgado também pode ser um impeditivo para quem somente deseja bater papo, fotografar e usar o GPS: R$ 2.000 (mas pode ser encontrado mais barato em diversas prateleiras).

Fonte: UOL